Meajudy

Meajudy
III - E1 D1 - 60
Botafogo – RJ
Morro São João - Escada dos Escravos - Face Noroeste

2015 - Claudney Neves, Fernando Araújo, Guilherme Mendes, Judith Vieira e Karla Paiva

Descrição:

é uma via bastante fácil em agarras, com proteções próximas – todas em chapeletas – ideal para quem está começando a guiar.

Há uma parada com duas chapeletas na altura da base, para fins didáticos em aulas do Curso Básico de Montanhismo (CBM).

Como chegar:

siga em direção à Ladeira dos Tabajaras, por Botafogo. Ao passar pela lateral do Cemitério São João Batista, na Rua Real Grandeza, você deve sair à esquerda, antes de um pequeno túnel que segue para Copacabana. Se errar a entrada e seguir pelo túnel será preciso acessar pelo outro lado da Ladeira dos Tabajaras, não recomendado.

Suba a ladeira e siga as placas que indicam a UPP.

Depois que se passar pelo lado esquerdo da UPP, há uma “cancela” com alguns avisos, a trilha começa ali e segue bem aberta. Mais à frente há mais uma placa indicando a trilha do Arranha Gato, subindo à direita. Ignore e siga em frente.

Continuando em frente há uma bifurcação que vai dá em um canteiro de mudas. Se você errar e seguir reto não há problema, pois há uma escadinha que leva novamente à trilha principal.

Seguindo há mais outra bifurcação, siga em frente novamente. Logo depois surgirá um conjunto de prédios. Continue pela trilha, passe por cima da escada de concreto, beirando o muro e continue na trilha. Depois daqui não tem erro. São cerca de 250m até uma espécie de caixa d’água, que fica imediatamente ao lado da via 7 a 1.

No total são um pouco mais de 800m de trilha, feitos em cerca de 15min.

Powered by Wikiloc

Clique no croqui para baixar o pdf Croqui Meajudy - III - E1 D1 - 60 m

Traçado Meajudy - III - E1 D1 - 60 m

Histórico de verificações:

Fontes de consulta:

– Os conquistadores

4 thoughts on “Meajudy”

  1. Thiago de Paula disse:

    Repeti a via recentemente e gostei bastante. Comecei a guiar há algumas semanas e a Meajudy é exatamente o que está na descrição, uma belíssima linha de boas agarras super bem protegida, excelente para os guias novatos treinarem a costura das proteções, o posicionamento da corda em relação ao corpo, a comunicação com o participante, a montagem das paradas e a dar segurança. O grau acessível e constante da via permitem guiar relaxado com o foco integral na correta execução dos procedimentos. O acesso ao setor é fácil e rápido e a base das vias conta com sombra na maior parte da manhã. Há chapeletas rapeláveis nas duas paradas para o rapel. Parabéns aos conquistadores do clube pela conquista.

  2. Eny Hertz disse:

    Excelente ideia de colocar uma parada dupla na base, servindo para aulas!
    Parabéns!

Deixe uma resposta